(15) 3411-7444

Meu cachorro está com diarreia, o que fazer?

CACHORRO COM DIARREIA
5
(2)

Meu cachorro está com diarreia, o que fazer?

A diarreia em cachorros é uma questão com a qual quase todos os donos de pets se deparam em algum momento.

Esse problema gastrointestinal, caracterizado por fezes soltas e aquosas, pode ser um incidente isolado ou um sintoma de uma condição de saúde mais grave. Embora muitas vezes possa ser resultado de uma mudança na dieta ou de uma leve indisposição, é crucial estar atento às situações em que a diarreia indica algo mais sério.

A capacidade de diferenciar entre um caso ocasional de diarreia, que pode ser tratado em casa, e um que exige a intervenção de um veterinário, é vital para a saúde e o bem-estar do seu animal.

Condições como desidratação, perda de nutrientes essenciais e até mesmo complicações mais graves podem surgir se a diarreia for negligenciada.

Por isso, entender quando a diarreia é apenas um desconforto temporário e quando é um sinal de alerta para problemas de saúde mais significativos é um conhecimento fundamental para todos os donos de cachorros.

Quando a diarreia é preocupante?

A diarreia em cachorros pode ser um sintoma preocupante, especialmente quando acompanhada por outros sinais de mal-estar, tais como vômito, fraqueza, febre e cansaço.

Esses sintomas adicionais podem indicar uma condição subjacente mais séria que requer atenção imediata. Por exemplo, a febre e o vômito, juntamente com a diarreia, podem sugerir uma infecção ou inflamação interna, enquanto a fraqueza e o cansaço podem ser sinais de desidratação ou perda excessiva de nutrientes.

E ainda, a letargia ou uma palidez visível na gengiva são alertas de que o sistema circulatório do animal pode estar comprometido. Em tais casos, é essencial buscar o conselho de um veterinário o quanto antes.

Ignorar esses sinais e adiar a consulta veterinária pode colocar a vida do seu pet em risco, tornando condições tratáveis em problemas de saúde de difícil manejo.

A diarreia em cachorros geralmente dura de 1 a 2 dias, sendo considerada normal. Contudo, se persistir além de 48 horas, é importante procurar orientação veterinária, pois pode indicar problemas de saúde mais sérios.

O que ajuda a endurecer as fezes?

  • Incluir arroz cozido na alimentação: O arroz branco cozido, sem temperos, pode ajudar a firmar as fezes do cachorro devido ao seu alto teor de amido.
  • Oferecer abóbora cozida: A abóbora é rica em fibras, o que ajuda a regular o trânsito intestinal e pode contribuir para fezes mais firmes.
  • Aumentar a ingestão de fibras: Alimentos ricos em fibras podem ajudar a melhorar a consistência das fezes. Consulte o veterinário sobre a melhor opção.
  • Probióticos específicos para pets: Probióticos podem ajudar a restaurar a flora intestinal saudável, melhorando a consistência das fezes.
  • Hidratação adequada: Manter o cachorro bem hidratado é essencial, especialmente se estiver com diarreia. Água fresca e limpa deve estar sempre disponível.
  • Evitar mudanças bruscas na alimentação: Mudanças repentinas na dieta podem desencadear problemas intestinais. Qualquer alteração deve ser feita gradualmente.
  • Consulta veterinária: Para casos persistentes ou graves, um veterinário pode recomendar medicamentos específicos para ajudar a firmar as fezes.

Importância da Água Fresca e Cuidados com a Alimentação

Garantir que seu cão tenha acesso contínuo a água limpa e refrescante é primordial, especialmente se ele estiver passando por episódios de diarreia.

A condição aumenta o risco de o animal se desidratar, fazendo com que a reposição de líquidos seja um aspecto fundamental da recuperação. A água não só ajuda na reidratação como também facilita a eliminação de substâncias prejudiciais do organismo do cachorro.

Quanto à alimentação, a atenção deve ser redobrada em períodos de calor, pois os alimentos podem deteriorar-se mais rapidamente, aumentando a chance de ingestão de produtos que prejudiquem o sistema gastrointestinal do animal.

Servir as refeições em momentos do dia menos quentes e evitar que a comida fique disponível por períodos prolongados são práticas recomendadas para manter a saúde do seu amigo de quatro patas.

Essas medidas simples, mas eficazes, podem ajudar a prevenir problemas de saúde mais sérios e assegurar a felicidade e o bem-estar do seu cachorro.

Causas Comuns da Diarreia

  • Alimentação inadequada: A ingestão de alimentos não apropriados para cães, como comidas temperadas, gordurosas ou mesmo mudanças repentinas na dieta, pode levar à diarreia. O sistema digestivo do cachorro pode ser sensível a certos tipos de alimentos.
  • Intolerância alimentar ou alergias: Assim como os humanos, cães podem desenvolver intolerâncias ou alergias a certos ingredientes presentes em sua dieta, resultando em diarreia. Isso pode incluir reações a certos tipos de proteínas, grãos ou aditivos alimentares.
  • Ingestão de substâncias tóxicas ou venenosas: Cachorros que exploram o ambiente podem acabar ingerindo plantas, substâncias químicas ou alimentos que são tóxicos para eles, como chocolate, uvas, ou produtos de limpeza, o que pode causar diarreia grave.
  • Consumo de objetos estranhos: Cães, especialmente filhotes, têm o hábito de morder e engolir objetos que não são comestíveis, como brinquedos, pedaços de tecido, entre outros. Isso pode levar não só à diarreia, mas também a obstruções intestinais.
  • Parasitas intestinais: Endoparasitas como vermes (lombrigas, tênias) e protozoários (como Giardia) são causas comuns de diarreia em cães. Estes parasitas danificam a mucosa intestinal, afetando a absorção de nutrientes.
  • Infecções bacterianas ou virais: Cães podem ser afetados por uma variedade de agentes infecciosos, como vírus (parvovírus, coronavírus) e bactérias (Salmonella, E. coli), que causam inflamação intestinal e diarreia.
  • Estresse: Situações de estresse podem desencadear problemas gastrointestinais em cães, incluindo diarreia. Mudanças no ambiente, ansiedade de separação ou barulhos altos são exemplos de fatores que podem estressar o animal.
  • Doenças inflamatórias intestinais: Condições crônicas que causam inflamação do trato gastrointestinal podem resultar em diarreia recorrente ou crônica. Isso pode ser causado por uma reação imunológica anormal do corpo à própria flora intestinal.

Cada uma dessas causas requer uma abordagem específica para tratamento, que pode variar desde ajustes na dieta até intervenções médicas, dependendo da gravidade e da origem do problema.

Tratamento e Prevenção

Para tratar a diarreia em cães, inicialmente, pode-se adotar uma dieta leve e de fácil digestão. Alimentos como arroz cozido misturado com frango sem pele e sem gordura podem ajudar a estabilizar o sistema digestivo do animal.

Evitar mudanças bruscas na alimentação do seu pet e assegurar que ele não tenha acesso a alimentos impróprios, lixo ou substâncias tóxicas são medidas preventivas essenciais.

Manter o ambiente limpo e higienizado, bem como os utensílios de alimentação e água do seu cão, contribui significativamente para a prevenção de diarreias causadas por bactérias ou parasitas.

Meu cachorro está com diarreia, o que fazer? – Quando Visitar o Veterinário

A necessidade de uma consulta veterinária torna-se evidente quando a diarreia persiste por mais de 24 horas ou é acompanhada por outros sintomas como vômitos, letargia, febre, ou se o cão apresenta sinais de desidratação e palidez nas gengivas.

Antes de ir ao veterinário, é útil observar e anotar todos os sintomas e comportamentos atípicos do seu cão, bem como qualquer exposição a alimentos ou substâncias desconhecidas.

Levar uma amostra das fezes pode ser extremamente útil para o diagnóstico. A visita ao veterinário é fundamental para identificar a causa da diarreia e prescrever o tratamento adequado, garantindo a recuperação rápida e segura do seu amigo peludo. A prevenção, através da manutenção de bons hábitos de higiene e cuidados com a alimentação, é sempre a melhor abordagem para a saúde do seu cão.

Se seu cachorro está enfrentando diarreia persistente ou apresenta sintomas adicionais preocupantes, não hesite em procurar ajuda profissional.

Na MedT Clínica Veterinária Sorocaba, contamos com uma equipe altamente qualificada e pronta para oferecer o melhor atendimento para seu pet, garantindo um diagnóstico preciso e o tratamento mais eficaz. Agende uma consulta conosco e assegure o bem-estar do seu melhor amigo. Sua saúde não pode esperar!

Confira outros artigos!

Avalie essa postagem

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Ainda sem votos:

Tags

What do you think?
Related Articles